Na Noite

Na noite os pardos viram lobos, os indigentes viram reis e os homens viram objetos de prazer. O magro vira esbelto e o gordo, abastado. O esnobe é gentil e o carente, providencial. Na calada da noite todo sussurro é canção e todo gozo é hino. O hipócrita sorri satisfeito com a própria modéstia e…

Preâmbulo

Este é um resumo da sua primeira publicação.