Capítulo 26

* AVISO: ESTE CAPÍTULO CONTÉM CENAS FORTES DE VIOLÊNCIA CONTRA MENOR -> EXISTE UMA LEMBRANÇA DA PROTAGONISTA NA QUAL ELA FOI ABUSADA QUANDO TINHA 8 ANOS. ESTA LEITURA PODE PERTURBAR QUEM JÁ TENHA SIDO VÍTIMA DE ABUSOS SEXUAIS, PRINCIPALMENTE NA INFÂNCIA. O CONTEXTO É NECESSÁRIO PARA O EMBASAMENTO DA TRAMA E SUAS RAMIFICAÇÕES POSTERIORES NA VIDA DA PROTAGONISTA.

Estou voando neles, pronta para agarrar o vento que insiste em machucar minhas bochechas rosadas, que brinca comigo em uma luta desleal, fazendo-me tremer de frio em um calor de outono carioca. Estou ali, entretida com meu vestido de margaridas amarelas, com meus cachinhos dourados balançando no ar, quando vejo um homem grande se aproximar da Caroline. Nesse momento caio do balanço e ganho minha enorme cicatriz no antebraço, fruto do encontro da minha carne com uma garrafa de cerveja que havia sido deixada por algum grupo de adolescentes rebeldes, que se reuniam à noite na pracinha, para fumar maconha e beber cerveja. Essa foi a primeira de tantas cicatrizes que trago comigo…

Para continuar a leitura acesse:

Próxima leitura: Capítulo 27

***

Trilha Sonora: Stairway To Heaven – Led Zeppelin

Deixe uma resposta