Capítulo 41

Um lágrima cai do meu rosto e observo minha Maria Scarlet aproximar-se de mim com seu vestido negro, e seu olhar amarelo, igual ao da coruja que por vezes me encontra nos arredores da minha solidão, que desprende minha alma para poder fazer-me livre, em um vôo infinito para dentro de mim mesma… 

17 de Setembro de 2011, sábado

Acordo três dias depois da fatídica conversa com o Jota com uma ressaca moral e emocional. Estou exausta psicologicamente e não consigo parar de pensar na minha vida com a Heidi; quero muito que ela me aceite de volta, mesmo sabendo que as chances disso acontecer são remotas…

Para continuar a leitura acesse:

Próxima Leitura -> Capítulo 42

***

Trilha Sonora: Have You Ever Seen The Rain – Rod Stewart

Deixe uma resposta