Meu Carnaval

Vejo blocos desfilando felicidade pelas ruas cinzas de uma cidade lotada de corpos e desejos ilimitados. Vejo o esforço cotidiano dos foliões sedentos para alcançar a plenitude do gozo puto, aquele que não precisamos de muito para atingir e que o descartamos logo em seguida, para procurar por algo mais forte. Vejo uma multidão de orgasmos concentrados em vários momentos deste carnaval, mas em todos os reflexos desse deleite de prazer, só consigo enxergar seu rosto nesse mar de sexo. Porque você é meu carnaval…